24/11/2017 15:59 - Atualizado em 24/11/2017 16:00

Brasileiro pretende investir R$ 1mil na Black Friday

Festa econômica herdada da cultura norte-americana se consolida no país  

Talita Affonso

 

Mundo/País/Barra do Piraí - Nesta sexta-feira, 24, é celebrada a Black Friday, evento tradicional da cultura norte-americana que consiste basicamente na sexta-feira seguinte ao feriado de Ação de Graças (data tão importante quanto o Natal nos Estados Unidos), no qual comerciantes oferecem grandes descontos. A festa econômica foi herdada por outros países, fazendo parte também do calendário comercial do Brasil.

  Por aqui, a euforia é tanta que o conceito de Black Friday é estendido para a semana do evento e até mesmo todo o mês de novembro, gerando termos como Black Week ou Black November, com estabelecimentos comerciais praticando promoções especiais visando as compras de Natal.

  Vale citar que, embora o período ainda seja de crise, comerciantes esperam que, projetando a principal data do ano, as vendas sejam boas, e que os consumidores aproveitem esta efeméride. Estima-se que, segundo projeções do Google, o brasileiro consuma cerca de R$ 1mil durante a “Sexta-Feira Negra”; 87% dos entrevistados devem comprar algo.

  A categoria que mais deve receber investimentos é a de eletrodomésticos e eletrônicos (65%), seguidos de smartphones (38%) e TVs (25%). A pesquisa do Google, em parceria com o Ibope, também sinaliza que, neste ano, aparelhos móveis como celular e tablete devem ser usados por 31% dos compradores, em detrimento de computadores.

Mais informações na edição 728 do Jornal O BARRENSE, nas bancas

 

Ouvindo RBP AM
Fechar (x)